Em pediatria, um terapeuta ocupacional trabalha com crianças que estão a evidenciar problemas de participação numa ou mais áreas de ocupação (que são áreas de vida importantíssimas para a nossa vivência em sociedade e desenvolvimento como seres humanos). Estas crianças podem ou não ter um diagnóstico médico e quando chegam “às mãos” do terapeuta ocupacional, este dá ênfase ao desenvolvimento das competências que permitem à criança brincar, comunicar e relacionar-se com os outros, cuidar de si mesma, comer e aprender, entre outras atividades.



O terapeuta ocupacional vai procurar dotar a criança com capacidades que lhe permitem ter mais sucesso no seu dia-a-dia e ajudar a família a encontrar estratégias para aumentar a participação e facilitar o envolvimento da criança nas atividades e ocupações que são significativas para a criança.



Como?



Reabilitando, adaptando a atividade ou contexto e potenciando um desempenho ocupacional satisfatório nas áreas de ocupação mais frágeis. Frequentemente as atividades são brincadeiras e jogos terapêuticos para que a criança se mantenha motivada e envolvida ao longo do processo de intervenção. Brincar é a melhor forma de aprender, sobre si, sobre o mundo e sobre tudo o que está ao seu redor!



Se a sua criança tem algum diagnóstico médico ou, por outro lado, não apresenta diagnóstico, mas revela alguma fragilidade em alguma área do desenvolvimento, marque para uma consulta de Medicina Física e de Reabilitação no Hospital António Lopes. Posteriormente, será avaliada por um terapeuta ocupacional.



Poderá marcar a sua consulta através da requisição P1 prescrita pelo seu médico de família, através dos vários protocolos de cooperação com os diversos subsistemas e seguradoras ou a nível particular através da tabela própria do serviço.



Partilhe esta notícia
Galeria

Notícias e artigos

Proteção de dados

Li e aceito os Termos de Utilização e Política de Privacidade

Este campo é obrigatório.

Declaro expressamente prestar o meu consentimento para que os meus dados pessoais sejam utilizados com a finalidade de comunicação/marketing, via email e via sms, nomeadamente para receber newsletters, informação sobre campanhas, produtos, serviços e códigos de promoção.

Declaro expressamente prestar o meu consentimento para que os meus dados pessoais sejam utilizados com a finalidade de marcação de consulta/exame e posterior contacto para agendamento do pedido aqui solicitado.

Este campo é obrigatório.

Caso tenha alguma questão sobre a nossa política de privacidade ou sobre a forma como a Santa Casa da Misericórdia da Póvoa de Lanhoso recolhe e trata os seus dados pessoais, bem como exercer os demais direitos previstos no Regulamento Geral de Proteção de Dados (RGPD) poderá entrar em contacto através do número de telefone 253 639 030, do email dpo@scmpl.pt ou de carta dirigida ao Encarregado de Proteção de Dados para Santa Casa da Misericórdia da Póvoa de Lanhoso, Rua da Misericórdia 141, Apartado 143, 4830-503 Póvoa de Lanhoso